20060430

 

onde
se escondemas













____

Marcadores: ,


20060429

 
canto de um amor que morreu

a paixão é um vermezinho que surge no coração
quando correspondida pode virar uma linda borboleta,
se não ele fica lá dentro, corroendo, comendo por dentro








a paixão não correspondida transforma a pessoa em um zumbi
controlado à distância pelo sentimento alheio
implorando por um carinho que não vem




escrito enquanto eu assistia ao filme "days of being wild" do won kar whay











________

Marcadores: , ,


 
o ego assiste abismado a escrita nascer dos dedos,
e quando tenta intervir, estraga!


















________

Marcadores: , ,


 
Escrevia poemas com luzes
no ar da noite













mas ela nunca passava por alí...







a imagem eu achei aqui












_______

Marcadores:


20060428

 
me nasceu no rosto uma constelação de espinhas

    .
.       .
      .
    .













_______

Marcadores: ,


 
Imposto de Renda

-Faltam 10 centavos...




















________

Marcadores:


20060427

 
era uma vez uma menina, ela era meio louca
ela gostava de duas coisas na vida:
1. ter idéias
2. mudar de idéia
ela gostava também de vestir uma roupa invisível e sair por aí, só pra ouvir as pessoas, ver as pessoas, sentir o mundo.
quando ela estava vestida com a roupa invisível e encontrava um amigo na rua ela ia assim na ponta dos pés, devagarinho e chegava bem perto e então ela tirava a roupa invisível e ficava só com a roupa normal dela mesma e o amigo falava assim: nossa! mas você apareceu do nada!
e ela sorria e não falava nada, só sorria.
ou então ela falava assim: impressão sua, eu estava andando e te vi e resolvi dar um oi.
e eles ficavam conversando até que ela tinha uma idéia e o olhinhos dela brilhavam e o amigo pensava: ixi, ela teve uma idéia.
então ela tirava um caderninho do bolso e anotava a idéia e falava pro amigo: pode continuar a falar que eu estou ouvindo.
mas ela ouvia só que continuava lá, no mundinho das idéias, ela e o seu caderninho, e os seus olhinhos.
um dia ela mudou de idéia e pensou assim: sabe que eu vou deixar esse caderninho pra lá e vou sair por aí com a minha roupa invisível e quando eu tiver uma idéia em vez de anotar eu vou sair por aí sussurrando ela no ouvido das pessoas que eu não conheço.
e foi isso que ela fez.

e de vez em quando alguém que está andando apressado pela rua ouve do nada uma voz de anjo que fala uma poesia bem bonita e a pessoa passa o resto do dia assim: feliz e flutuando, sem saber que ficou amigo de uma menina invisível.










_______

Marcadores: ,


 
Por uma Teoria Humana das Cores

Branco


Amarelo
















se aprovarem essa lei racista chamada Estatuto da Igualdade Racial vai ficar oficialmente (e anticonstitucionalicimamente, eba! nunca tinha usado essa palavra com propriedade) instituída a discriminação racial no país.
e eu vou começar a dizer que sou negro, só pra ter direito às cotas.
qual é? meu bisavô era negro, tenho provas!














________

Marcadores: ,


 
último sonho da noite

eu estava em uma reunião de brainstorming com o spike lee e o simoninha (ha ha ha)
estávamos fazendo um roteiro para um filme, talvez fosse um clipe.
uma hora eu falava (ou transmitia a imagem para eles, o que dava na mesma): já sei, tudo na casa vai virando areia, o cara pega uma xícara para beber chá e ela vira areia nas mãos dele.
com essa imagem na mente e todos rindo acabava o sonho.













_________

Marcadores: ,


20060426

 
papo de boteco

-no gesto de recusa à violência contra o semelhante está toda a civilização.
-mentira! e a escravidão?
-mas no passado os escravizados eram aqueles vistos como inferiores...
-é, pode ser...meu, ainda bem que o ser-humano não está pronto, eu digo, como espécie e tal. se a gente fosse só isso que tá por aí ia ser foda! e hoje em dia, quem será que é visto como inferior?
-não sei...'xeu pensar... os pobres? é, faz sentido.
-putz, voltamos à escravidão. pelo jeito essa civilização não fica pronta tão cedo...
-que nada, o pior é que é isso mesmo. e quando os pobres não existirem mais...
-(ha ha ha, vai sonhando)
-...a violência e a escravidão vai continuar contra as máquinas. e quando as máquinas desenvolverem consciência e se tornarem nossos semelhantes a gente vai encontrar alguém pra detonar.
-a civilização é tipo sexo, só que um dos parceiros só goza e o outro só se fode.











______

Marcadores: , ,


 
sobre o autor

"Os autores individuais vivem no mundo, sendo influenciados por milhares de sugestões, conversações e percepções que não são suas. Um autor é uma espécie de terminal que reduz criativamente uma complexidade de informações e de imagens, estabelecendo uma síntese provisória. Quando um escritor escreve, todo o mundo escreve com ele. Não somos contra o ato individual de escrever. Mas fazemos questão de dizer que quem escreve, sozinho, escreve junto com todo o mundo que o circunda. Esse é um obstáculo ideológico porque a indústria cultural tem necessidade de alimentar essa superstição do gênio, da inspiração individual. Tem a necessidade disso para organizar estratégias de marketing em torno de indivíduos, supostamente, de inteligência superior aos demais, de indivíduos a serem adorados."

"A aproximação de Wu Ming à produção cultural implica a irrisão contínua de todo o preconceito ideal e romântico do gênio, a inspiração individual e outras merdas do gênero. Wu Ming põe em causa a lógica do copyright. Não acreditamos na propriedade privada das idéias."


essa gente que se denomina Wu Ming pode ser encontrada aqui.
Wu Ming significa "anônimo" em chinês, literalmente "não nome".


já conhecia esses caras, e achei esses trechos neste site muito bom pra quem gosta de literatura







______

Marcadores: ,


20060425

 
história em voz alta ou uma breve história do tempo

muito que comprazia-se em ficar-se por alí: nada a fazer.
alí no meio do nada, nenhum problema haveria decerto, pois sim.
era a santa paz. era o cúmplice anonimato do não-ser.
onde não há o não também não pode haver o sim, meditava-se em sua tranquilidade agitada por uma tica trova de pensamentos que aparecia quando em vez.
e logo voltava à calma e então de novo: nada.
quando tentava agitar uma minúscula porção de movimento já a sabedoria confidenciava: psssss! e de novo calmava-se, as marolas descansadas desfaziam-se, o amplo espaço se mostrava claro de volta enfim.
surgiu então, desta toda calma, o personagem: um ente.
veio logo todo um ser: se opôs, propôs, brigou! mexeu-se, clamou, violentava o tempo em sua ânsia de. criava situações, ações, buscava os outros, percorria afoito os campos e vastos, maldizia, provocava, desesperava-se pela falta de. indo ainda agitou-se, clamou aos céus, inventou um deus só para poder blasfemar.
já era, mas ainda queria ser mais. não contentava. bem de dentro sabia que não dava, mas tentava, tentava, lutava e chegou a chegar menos longe.
era pouco.
não durou e nem podia. passou um tempo e o tempo ficou, sem a personinha nervosa que foi-se.
no fim não era nada que o tempo mesmo não dê jeito.
e o tempo voltou então e quando viu tudo o que havia
já era aqui, de novo agora.







_______

Marcadores: ,


 
Essa cidade foi totalmente dominada pelas máquinas. As ruas são tomadas pelos automóveis que obedecem rigorosamente o ritmo dos sinais de trânsito controlados por um programa alojado em um computador alimentado pela energia que chega de uma usina onde os poucos trabalhadores humanos apenas fiscalizam o bom funcionamento das máquinas. Para se divertirem as pessoas vão ao cinema e compram os ingressos em quiosques informatizados, depositando-os depois em catracas eletrônicas e vão sentar-se em seus lugares previamente marcados. As sessões começam no horário exato, e as pessoas riem ou choram todos ao mesmo tempo de acordo com as ações do personagens na tela.
O verdadeiro espírito desta cidade é uma entidade abstrata chamada de 画因. Ela é representada por um cartão plástico que todos possuem. Elas passam os dias trocando os seus 画因 uns com os outros, e adquirindo mais 画因 em troca da quantidade de vezes que interagem com determinadas máquinas chamadas de 稼ぐ. O 画因 só tem importância se estiver em movimento, sendo trocado, passando de uma pessoa para outra em um processo sem fim. as pessoas existem apenas para interagirem com as 稼ぐ e manter o movimento do 画因.








______

Marcadores: ,


 
Clipe de 5 minutos da peça Esperando Godot

publicado com Vimeo

em cartaz até recentemente no Sesc Belenzinho,
breve de volta no novo Sesc Paulista.

Texto de Samuel Beckett,
Direção Gabriel Vilela, com Bete Coelho, Magali Biff,
Lavinia Pannunzio, Vera Zimmermann
Gravação e edição do Dvd: Jose Luiz Sampaio e Daniel Seda
ou Invitro Produções (em breve!)


Estou testando esse novo servidor de videolog, se você tiver algum problema para assistir dê um toque aí, nos comments :)







_______

Marcadores: , ,


20060424

 

dentro
em mim



a eternidade
permanece


rondando







dentro em mim a eternidade permanece rondando dentro em mim a eternidade














______

Marcadores: ,


 
         =-.-=
+
       ^*.*^
=
       [o.o]














. . .

Marcadores: , ,


 

um mero pequeno esboço de idéia para uma quiça futura hq do telepatia


















______

Marcadores: ,


20060423

 
Repúdio à censura!

Censuraram uma obra da artista Márcia X, em uma mostra de arte Erótica no CCBB-RJ.

Leia mais sobre isso, aqui:








______

Marcadores: ,


 
hai-cai mal-humorado

rap ao lado
o quarto vibra
impossível dormir!
















______

Marcadores: , ,


 
o príncipe de cera e as mulheres de plástico













______

Marcadores:


20060422

 
então um dia eles voltaram   ou   sebastianismo nova-era









a foto eu peguei aqui















______

Marcadores: ,


 
eu sou um lugar que anda







_|_
 / \____________________________________













. . .

Marcadores: ,


 









 









_________

Marcadores: ,


 
meu texto tem espaços vazios
minha memória falha
faltam palavras
sobra só
você











...


















_________

Marcadores: ,


20060421

 
nota sobre este blog ou justificativa injustificável

um macaco foi deixado dentro de uma sala com diversos clássicos da literatura, uma tesoura e um tubo de cola pritt

na sala ao lado, seis macacos datilografavam desesperadamente
em troca de bananas














________

Marcadores: , ,


 
histórias terríveis (1) ou o exorcismo através das letras

na sala mal-iluminada havia uma mesa.
sobre ela, apoiadas, duas taças iguais.
quando entrei uma voz falou:
na vida não há rascunho, você tem apenas uma chance.
uma das taças contém as águas de um rio que tornam imortal aquele que as beber.
na outra taça estão as águas do mesmo rio misturadas a uma substância que paralisa o corpo. apenas a consciência sobrevive para sempre dentro deste corpo imortal feito pedra.
para sair dessa sala você deve beber de uma das duas taças.
faça a sua escolha.










________

Marcadores: ,


20060420

 

Estava tão entretido com seus problemas
que nem percebeu a saída logo ao lado
















_______

Marcadores:


 
estragão, vladimir e a cidade do agora eterno

"Esta foi uma cidade que me causou um sentimento um tanto ambíguo", disse Marco Polo ao grande Khan, "pois nela as pessoas pareciam felizes em sua desgraça."
E continuou narrando ao Khan as características daquela cidade perdida:
Nesta cidade as pessoas não possuem memória. Elas vivem em um presente eterno. Não existem distinções de classes e nem tampouco existem posses individuais e nem coletivas. Quando sentem fome elas vão em busca de comida como se fossem animais selvagens, geralmente em bandos. Elas também não possuem um idioma, se comunicando com grunhidos e gestos óbvios. Mas apesar disso é uma cidade com grandes construções, imensos palácios e jardins. Em algum momento da história desse povo um grande cataclisma psicológico deve ter acontecido e todos se igualaram no vazio. O que teria acontecido?
A maior parte do tempo eles simplesmente existem: andam em bando, ou em casais, e estão sempre se acariciando, se beijando, se tocando, sempre cuidando um do corpo do outro. Talvez esta seja a única linguagem que eles possuem: a das trocas físicas, corpóreas.
E apesar da ausência de memórias, ou talvez apenas por isso, é uma cidade que vive em paz.







_______

Marcadores:


20060419

 
mera questão de vontade



"
Ele fala-nos de um lugar instável, perigoso, sublime: o abismo da loucura voluntária. Tudo resumido a uma questão de vontade.
«— Se eu quisesse, enlouquecia. Sei uma quantidade de histórias terríveis.»
"


passeando por blogs portugueses

Marcadores: , ,


 
antes que eu me esqueça, a Parte 3 do Telepatia acabou de ser rejeitada pelo CineEsquemaNovo de Porto Alegre.
Sendo assim, torno definitiva minha decisão de não gastar mais dinheiro (que agora eu nem tenho mesmo) mandando filmes pra festivais no Brasil.
Nos últimos meses foram uns 3 ou quatro festivais que rejeitaram meu filme esquisito.

No entanto, justiça seja feita, o filme passou na Mostra do Filme Livre, no Rio (em) janeiro.
A luta continua,
é isso aí!

:)







_______

Marcadores: ,


 
"pra não dizer que eu não falei das folhas"

Saiu hoje na Folha uma matéria sobre "blogs-de-arte" e dentro da improbabilidade infinita o meu projetozinho foi contemplado com algumas linhas:

" Making of
Se alguns o subvertem, há os que mantêm o formato original e transformam o blog em uma espécie de making of de suas obras, como o videoartista Daniel Seda, 32, autor do projeto Telepatia.
Seda montou um site em 2001 e passou a usá-lo como diário de anotações para o roteiro de um filme. Depois, construiu um videoblog para incluir cenas das filmagens. "Reuni trechos de três minutos, com os textos que geraram os fragmentos de vídeo."
Quando terminar, ele pretende fazer um DVD. "Mas pode ser também uma instalação interativa, que tenha textos e vídeos", divaga Seda. "Encaro ambos como parte da obra."

Não vou cuspir no prato em que comi, até agradeço muito à Folha e tal,
só faço duas ressalvas à matéria:
1.A jornalista me disse que iria publicar também o nome do José Luiz Sampaio, que participa desse projeto e vai gravar o próximo episódio comigo.
2. As minhas próximas entrevistas serão sempre por escrito. A matéria pegou bem o espírito do projeto, mas eu não disse nada sobre 3 minutos...ou será que eu disse??? De qualquer modo não são fragmentos do filme que são publicados e sim o filme inteiro, dividido em episódios pois é assim que ele está sendo filmado. Tudo o que está no videolog é o que foi produzido. Só falta subir o primeiro episódio, mas apenas porque eu quero mudar umas coisinhas...
De qualquer modo melhor entrevista por e-mail, assim fica tudo registrado :)

Fora isso, valeu Adriana!!!


ps, deve haver algum romantismo no fato de não ter grana nem pra tomar um ônibus (é verdade!) e ter o seu nome publicado em um grande jornal...

Marcadores: , ,


 
The Brain ou "porque a informação quer ser livre, parte 2"

Ah é, esqueci de indicar esse programa aqui.
Você cria um pensamento, por exemplo "Meu livro". E deste pensamento você puxa mais três pensamentos, digamos "Sinopse", "Personagens" e "Capítulos". De cada um destes você pode puxar outros pensamentos e ir assim desenvolvendo um livro, um projeto, ou qualquer coisa. O programa vem com um bloco de notas embutido, assim que você clica em um pensamento (ou passa o mouse sobre ele) o bloco de notas que fica aberto ao lado mostra o "conteúdo" daquele pensamento. Além disso você pode associar ao pensamento os mais diversos tipos de arquivos, como músicas, imagens, .docs ou páginas da web.
A vantagem é que a interface é não-linear, você vai navegando pelos pensamentos. Ao invés das anotações ficarem em diversos arquivos ou alinhadas em um grande e pesado arquivo do word, elas ficam organizadas em uma rede onde você definiu a posição de cada anotação.
Além disso é um programa leve que pode ficar aberto o tempo todo e tem uma ótima versão gratuita. E tem outra coisa ótima: ele salva automaticamente todas as alterações, você nunca perde nada.

Pronto, falei.








______

Marcadores:


 
barão de charlus e a cidade das máscaras

Nesta cidade as pessoas nascem sem rosto. Nada as distingue umas das outras e por isso todo mundo usa máscaras. Os bebês ficam sem rosto até que aprendam a falar. Neste dia eles mesmos escolhem para si uma máscara e passam a se identificar com ela.
De início as pessoas se contentavam em ter apenas um rosto para si, mas então surgiram grupos de jovens (sempre eles!) que começaram a trocar de máscaras entre si.
Foram rejeitados pelas famílias e amaldiçoados pela Igreja.
Mas com o passar do tempo apareceu na grande praça, no centro, uma feira onde os habitantes podiam trocar de máscaras uns com os outros. E semana a semana a feira cresceu e todos os habitantes, até os padres, passaram a frequentá-la.
E agora todo domingo eles vão para o centro para mudar de rosto e apesar de voltarem para casa sempre diferentes, todos continuam exatamente iguais.








_______

Marcadores:


20060418

 
Leila D - Full Moon

próxima apresentação, quinta agora, dia 20
Galpão do Sesc Pompéia (R$ 7)
Concepção e performance: Leila D
Som: Bret Frederick
Video: Daniel Seda e Leila D


Sobre esse trabalho:
A Leila D é uma artista de performance, o que significa que ela trabalha usando o próprio corpo como suporte para sua arte.

(Pequeno parêntese histórico: a performance é uma arte bastante incompreendida mas resumindo bastante pode-se definí-la como sendo a arte onde o artista transforma em arte a sua própria ação no tempo. Foi um movimento surgido das artes plásticas em fins da década de 50 e que ganhou força a partir dos 60/70.
A performance não se confunde com o teatro por não ter nenhuma preocupação narrativa, o que importa é antes a força da presença do artista. Por isso muitas vezes as pessoas não entendem:"mas perái, não vai acontecer nada???" Mas já está acontecendo, você é que não parou pra perceber o momento presente.)

Nesse trabalho a Leila transformou em uma obra a sua experiência recente de ser mãe. Ela morou os últimos dois anos em NY, por isso o título do trabalho está em inglês.
O vídeo é montado a partir de cenas do seu ultrasom junto com algumas imagens que ela gravou quando ainda estava grávida, sendo o barrigão a verdadeira "lua cheia".
Na performance ela fica dentro de uma oca que ela mesma montou no galpão do Sesc, uma oca de 3 metros de altura por 6 de diâmetro, e lá dentro há uma quantidade imensa de argila medicinal e ela fica alí, na argila, que segundo a Bíblia foi a matéria a partir de onde nasceu o ser-humano. A própria oca lembra a forma de uma barriga e o público fica dentro dela junto com a artista.
O som da performance foi feito pelo Dj novaiorquino Bret Frederick, marido da Leila e pai da Luana. Para fazer a trilha, que ele remixa na hora, ele usou sons do batimento cardíaco da Luana ainda na barriga, extraídos do ultrasom e usou também outras falas recentes da filha, que já tem 2 aninhos (e é uma criança linda :)))
O som cria um clima confortável e hipnótico para a performance.
É isso o que dá pra dizer, se quiser saber mais vai lá ver :)))










__________

Marcadores: ,


20060417

 














infelizmente o manuscrito estava redigido em uma língua antiga desconhecida arcaica de outra época falada em outra parte extremamente difícil feita de sons duros e erres rascantes língua cheia de força com suas regras planejadas para um pensamento bonito um pensamento bem feito assim estruturado a discorrer sobre as passagens mais controversas daquele texto bastante conhecido e exposto e multiplicado pelo milagre de guttemberg, gravado copiado e difundido.
agora sobre a imagem não havia nada a se dizer













_________

Marcadores:


 
afinal a vida era um jogo?















contra a














†usência de movimento















_________

Marcadores: , ,


20060416

 
Toda aquela vastidão,
tanta coisa pra se fazer
e ele só queria ficar alí
assistindo a passagem do tempo












_________

Marcadores: ,


 
"Um escritor está sempre preocupado com a sedução, ou seja, com o fato de que aquele que ler o primeiro parágrafo do livro não deixe de ler o segundo, porque o que ele quer dizer necessita que se leia aquilo tudo até o fim."
Paulo Mendes da Rocha

na Folha de hoje













________

Marcadores:


 
Porque a informação quer ser livre...

As minhas cartas de Tarô vêm daqui

Os kanjis (ideogramas) vem daqui
Pra tirar os kanjis deste soft e transformar em jpeg eu dou um "print-screen" e jogo no GIMP que é um Photoshop open-source e freeware.

Já as historinhas publicadas são todas minhas, sim senhora.


...
...


Eu estava apaixonado, e daí vinha minha inspiração: no fundo eu escrevia para ela.
Agora que acabou estou me sentindo assim, perdido.
Por isso estou sentindo que esse bloguitcho vai entrar em um período meio morno...
Fazer o que, né?
:)


...
...








_________

Marcadores: , ,


20060415

 
Hoje vai rolar no galpão do Sesc Pompéia uma performance da minha amiga Leila D.
Semana passada eu ajudei ela a fazer o video que ela usa na performance.
É hoje as 20h30 , cola lá.
Eu vou estar lá, fazendo o registro em vídeo e depois jogo um videozinho aqui.















_______

Marcadores: ,


 
estou a um e-mail de distância


















____________

Marcadores: ,


 
amigos















_________

Marcadores:


20060414

 
de tanto enterrar moedas,
nasceu-lhe uma árvore














__________

Marcadores: ,


 
Eu Só Penso em te Ajudar

Esse vídeo é uma colagem feita originalmente pro ZaratrutA!,
essas imagens serviram de cenário pro FILE. Um belo dia, enquanto editava eles, estava tocando essa música e eu achei que a letra e as imagens tinham tudo a ver...
Daí ontem resolvi fixar esta forma e deixar registrado esse clipe póstumo pros Mutantes.

Pra senhorita que não tem som nesse computador clique aqui com o botão direito e depois "salvar destino como", daí você salva no negocinho e leva pro outro computador :) ops, o link tava quebrado ja consertei!

Estão dizendo que é pra competir
Mas eu só penso em te ajudar
Não há nada na vida que me faça parar de amar
yeah yeah!
Amar a vida
yeah yeah!
Amar o mundo



Nas imagens filmes de Alejandro Jodorovski, Fellini (8 e 1/2), Thomas Edison, Hayao Miyazaki (Castle in the Sky e Spirited Away), Jean Cocteau (Orpheu e O Sangue de Um poeta), Kubrick (Dr Strangelove), Katsuhiro Otomo (Akira)





__________

Marcadores: , ,


20060413

 
o guardião e a princesa





foram ao palácio colher um pouco de sorte
















_________

Marcadores: ,


 
vórtex
vazio por dentro
em volta movimento
















_________

Marcadores: , ,


 
fiquequiet


agora









.
















__________

Marcadores: ,


20060412

 
sheherazade e a cidade dos véus

nesta cidade os homens têm muito medo das mulheres.
tanto medo que as obrigam a se esconderem dentro das casas, atrás de véus, tecidos drapeados, e depois as escondem ainda mais atrás de muros, portas, trancas e cadeados.
eles conhecem a sua própria fraqueza e sabem que se elas andassem por aí desfilando pelas ruas movimentadas e exibindo as suas pernas e braços nus, suas coxas dançarinas e bocas úmidas, seus olhares luminosos e cheios de vida
outros homens tão fracos como eles não resistiriam ao chamado do instinto e elas seriam violentamente destroçadas pelo desejo.








_______

Marcadores:


20060411

 
mowgli e a cidade selvagem

nesta cidade, quando chega a noite as pessoas transformam-se em animais.
as crianças viram cãezinhos, pequenos gatos, ou passarinhos.
os velhos viram hipopótamos, tartarugas ou rinocerontes.
alguns ainda mais velhos viram insetos.
os homens adultos viram animais selvagens e furiosos e vão para longe, para dentro da floresta pois senão devorariam os seus próprios filhos.
as mulheres porém não viram animais: viram plantas, brotam flores, perfumam a noite.
e as crianças selvagens ficam por alí, brincam em suas raízes e em seus galhos durante toda a noite.
e no dia seguinte todos têm certeza de que tudo foi apenas um sonho.











_______

Marcadores:


 
alice no país dos espelhos

nesta cidade as pessoas realmente não importam: só importa aquilo que se fala delas. e cada habitante só pode falar dos outros, nunca de si mesmo.
sendo assim passa-se um dia inventando e o outro dia difundindo pelos cantos remotos da cidade boatos sobre seus vários desafetos, lendas sobre seus ídolos
para depois colhê-los de volta da boca de seus conhecidos.
as pessoas vivem dentro das histórias e vivem para as histórias que inventam.
e assim ninguém mais sabe mais quem exatamente é aquela pessoa sentada à sua frente:
poderia ser um tirano, de acordo com um, ou um asceta de acordo com o outro.
em um processo evolutivo a melhor versão de uma pessoa passa a ser a mais difundida e alguém que começou como copeiro pode terminar prefeito.
e pouco a pouco os habitantes vão esquecendo de si, e vão acreditando nas histórias que os outros contam sobre si.
e de si mesmo, ninguém fala
nem pra si mesmo.










_______

Marcadores: ,


 
viagens de marco polo pelas cercanias de macondo

naquela cidade os velhos podiam fazer o que quisessem.
atacavam a bengaladas os políticos, e recebiam aplausos.
destruíam "a fonte" do duchamp com golpes de picareta,
e eram condecorados pelo ministro da cultura.
davam entrevistas desfazendo da garganta um nó de algumas décadas
e podiam, enfim, voltar a fazer novelas
para a felicidade do público.











_________

Marcadores:


20060410

 
Eu vou te dar alegria

Hoje termina uma fase ruim da minha vida.
Porque? Porque sim, ué.
Hoje eu deixo pra trás tudo que não deu
e nem está dando certo e começo de novo.
O ano novo na Idade Média só começava depois da páscoa,
então ainda estou em tempo.

Está decidido, amanhã começa uma nova fase, boa.















Eu vou te dar alegria
Eu vou parar de chorar
Eu vou raiar um novo dia
E dançar e dançar e dançar
A tristeza é uma forma de egoísmo
Eu vou te dar eu vou te dar eu vou te dar
Eu vou te dar alegria

Arnaldo Antunes










_______

Marcadores: , ,


 
acabei de ler o Solaris, do Stanislaw Lem.
tinha pego o livro emprestado e por coincidência ele fez 50 anos há alguns dias.
há uns 20 anos eu tentei ler esse livro pela primeira vez achei meio chato, mas talvez com doze anos eu não estivesse preparado.
Solaris é um planeta inteligente. é o verdadeiro "outro" do ser-humano: incompreensível.
os aliens sempre são imaginados como um duplo do ser-humano: seriam seres sociais, humanóides, teriam linguagem, construiríam naves, teriam planos
e em tudo isso são um mero espelho do humano neste desejo de que exista vida inteligente no universo. mas o desejo humano é sempre humano: modelamos o outro de acordo com nós mesmos.
Solaris não. ninguém sabe o que ele é. para investigar os homens ele extrai suas memórias e cria duplos de pessoas que já morreram. mas ninguém sabe porque, e nem ao menos se sabe se isto é um processo consciente. seria Solaris um ser consciente? ou existiria uma imensa inteligência inconsciente? ou seriam esses duplos uma tentativa de criar consciência?
nós seríamos capazes de compreender o "outro" se o encontrássemos?
somos capazes de compreender os motivos dos terroristas suicidas? será que essa fórmula [morte gloriosa=paraíso eterno] é verdadeira ou é só uma justificativa racional para um sentimento que é inexplicável para quem não o tenha vivido, para quem não faz parte dessa cultura, dessa lógica?
Solaris me traz a esperança de que é possível uma outra vida, uma outra sociedade.
a natureza é selvagem, mas é sábia
o ser-humano conseguiu copiar a natureza e atingir a selvageria social, que venha agora a sabedoria








_______

Marcadores:


 
o gosto amargo da derrota

fui elogiar em público o blog de uma amiga e desde então ela parou de escrever

quando eu ia quase encontrar o meu amor imaginário ela sumiu, se apagou, virou fantasma

meu aluguel venceu, meu condomínio também, mais uns cinco dias e me cortam a luz
aproveite esse blog enquanto ele existe, porque sem eletricidade não dá pra postar nada

você tem um emprego? não precisa se preocupar com as contas? que bom pra você.
aproveita.

hoje eu estou com um gosto de derrota na boca
liga não, é só cansaço mesmo











______

Marcadores:


 
férias

vou deixar que esse sentimento se vá
e tirar férias desse meu amor

vou parar de escrever cartas imaginárias
porque não tenho mais para onde enviar

vou recolher minha paixão invisível
antes que ela me sufoque










_______

Marcadores: ,


20060409

 










cruzamentos aleatórios

em japonês nin guen é ser-humano, pessoa
personne em francês também significa ninguém

as vezes eu queria tanto saber latim
só pra ficar por aí latindo à toa











_______

Marcadores: ,


20060408

 

o menino e a menina foram passear
mas foi cada um prum lado









ossos















_______

Marcadores: ,


20060407

 
sobre o amor

não há nada
esse é o mistério















_______

Marcadores: ,


 

Marcadores: , ,


 
memória da dor (com resposta redentora)

poxa, eu te fiz tao mal assim???

voce nao quer mais que eu te ache???

isso dói, viu.

:(










_______

Marcadores:


 
Tristeza















Ela pegou os meus melhores sentimentos, fez um montinho e puff.













_______

Marcadores: ,


20060406

 
se olhou no espelho pela última vez e saiu


Deixou a cidade, foi pra longe


No caminho pegou um furacão


Sobrevoou vales



Quando voltou quase não voltou



E como era absurdo




Abandonou o corpo e foi dar uma volta




Depois disso ninguém mais sabe o que aconteceu





Quem me contou essa história foi um velho









_______

Marcadores: ,


 


























. . . . . .

Marcadores: ,


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Assinar Postagens [Atom]